.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. O próximo sucesso da Sony

. TakeItGame

. Eurogamer NÃO publicou an...

. Esclarecimento

. Uma opinião pessoal

. Permanência no Sapo

. A PlayStation 3 já é uma ...

. Produções Caseiras

. Lançamento da PS3 na Euro...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sábado, 6 de Janeiro de 2007

Memórias da E3 - Parte IV

Falemos então do primeiro dia de pré-eventos. A partida do hotel foi marcada para as 7 horas em ponto e um taxi deixou-nos no centro da cidade. A PR da Activision foi muito simpática ao aceitar a entrada do meu operador de câmara, mesmo sabendo que ele não podia gravar nada. Os dois assistimos a uma das mais pobres apresentações da Activision em LA... fiquei muito desiludido e disso isso mesmo depois à Suzanne.

Terminada a apresentação e visto que os dólares eram curtos, aproveitamos a comida gratuita para tomarmos o pequeno-almoço e almoçarmos também. Poupámos o dinheiro do táxi para Culver City porque um outro jornalista nos levou no seu carro alugado (uma bomba). Estacionámos o carro no parque de estacionamento da Sony e preparámos para percorrer um quarteirão. Não, não é igual aos nossos, estes podem ter entre 1 quilómetro e 10 quilómetros. Este era bem grande porque percorria em largura os estúdios da Sony.

A entrada foi stressante porque não sabia se o operador de câmara entrava e se tinha acesso aos "feeds". Felizmente tudo correu bem e procurámos lugar para descansar e comer alguma coisa. Esta 2ª Feira foi muito quente e rápidamente ficámos cansados com o sol do deserto (LA fica praticamente à beira do deserto mexicano). O evento foi mais ou menos bom, eu esperava mais. No final todos fomos privilegiados com a primeira sessão jogável da PS3.

Ken Kutaragi por seu lado, estava atarefado a despachar entrevistas, o desgraçado foi praticamente rodeado por todos nós. No final tinha chegado a hora de irmos para o hotel, uma viagem de autocarro até o centro de LA e depois um táxi até West Hollywood. Confesso que tenho medo do centro de LA à noite. Todo o mundo tem medo, porque faz fronteira com os bairros pobres e por volta das 19h uma turpe de gente esquesita começa a invadir aquela zona. É durante a noite, a zona mais perigosa de LA.

Chegámos ao hotel, preparar textos e videos e cama que só tinhamos 4 horas para dormir! No 2º dia foi igualmente stressante, conferência da Microsoft e da Nintendo. Na da Microsoft o operador de câmara tinha acesso ao evento e eu tive que esperar pelo Fernando da Microsoft uqe arranjou uma solução muito original, entrei com o passe de um colega que não foi à E3.

Na conferência da Nintendo eu tinha passe para o evento mas o operador de câmara não tinha. Entrei em primeiro lugar e ele pouco antes do início do evento conseguiu entrar e gravar a conferência de imprensa. São situações que acontecem todos os anos e que vos mostram o quanto a gente sofre lá fora, apanha sustos, ganha amizades, conhece novos mundos, tudo por amor aos videojogos e à necessidade de transmitir as nossas emoções aos leitores das nossas revistas.

Ai vai continuar! 

sinto-me:
tags:
publicado por realidadefictional às 02:35

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Mandalorian a 6 de Janeiro de 2007 às 15:11
Tou a gostar de ler. Go on....

Comentar post

.links